16 de ago de 2008

Record promete maior investimento no vencedor do Ídolos

Como nós sabemos, "Ídolos" estréia dia 19, às 23h. O programa será exibido duas vezes por semana (terças e quartas), com duração de 50 minutos cada episódio. O júri será composto por Luiz Calainho, Paula Lima e Marco Camargo.

Segundo o Agora São Paulo, o diretor de programação da emissora, Paulo Franco, promete um maior acompanhamento após a edição. "O vencedor terá todo o apoio empresarial de uma gravadora, de um agente e da Record, que tem o maior interesse no sucesso pós-programa".

Preparadora vocal desde a primeira edição, Tutti Baê - que também foi na "leva" -, diz que, na Record, o foco do programa são os candidatos. "Nas duas edições do SBT, eu aparecia em cena dando aulas. Desta vez, o espaço será dos concorrentes".

O diretor do programa, Wanderley Villa Nova, afirma que a expectativa é que a audiência do programa atinja a casa dos dois dígitos. Wanderley promete que a etapa de seleção será emocionante. "Muitas coisas me surpreenderam durante essa etapa, principalmente as histórias de vida dos concorrentes. Encontramos no meio dos candidatos, por exemplo, casais em que um passava, e o outro, não. Fizemos também imagens espetaculares. O que o público verá não será só mais um programa de auditório", fala o diretor.
Villa Nova também conta novidades sobre a fase do teatro, considerada a mais tensa de todas. "Teve gente que rasgou a ficha de inscrição e chutou a cadeira, mas não teve briga, não. Um dos candidatos apareceu com um CD gravado e entregou o disco aos jurados. Ele acabou cantando mal. O júri falou que não dava, e o cara foi lá e pegou os álbuns de volta".
E até mesmo o diretor se chateia ao ver alguns candidatos serem elimidados."A gente vê o esforço do cara. Tem gente que chega três dias antes da seleção para ficar na fila, mas não canta nada."

O apresentador Rodrigo Faro, que não nega sua ansiedade, também dá seu depoimento. "Mexer com os sonhos das pessoas é uma coisa impressionante. Muitos candidatos talentosos que não têm oportunidade passaram pela seleção."

O diretor do programa também comenta sobre o desempenho do apresentador no comando do programa. "O Rodrigo tem um espírito bom, sabe fazer brincadeira e ficar sério". Wanderley afirma que o Ídolos da Record terá seus momentos engraçados, mas tudo na medida certa. "O humor entrará, desde que dentro do contexto. Não terá exploração", fala o diretor.

6 comentários:

Maiara Damasceno on 16 de agosto de 2008 03:49 disse...

Ficou grande, né? Eu sei :~
Mas era realmente mto grande :(

não vem pedir pra resumir pq eu já resumi bastante ¬¬

Conrado Serpa on 16 de agosto de 2008 04:19 disse...

Até q ficou pequeno, mô o.o!

Marcelo Mendonça on 16 de agosto de 2008 10:15 disse...

Eu fico esperançoso de ler essas matérias. Sério.
Quero ver o cenário novo do TOP 10.

Diogo Rafael Lemos on 16 de agosto de 2008 13:06 disse...

Tbm fico esperançoso.
E espero que dê certo, porque uma coisa que irritava no antigo era o jeitão brasileirão dos apresentadores de contornar as situações. Pra mim, o apresentador tem que fazer suspense e ser miserável mesmo.

Magno on 16 de agosto de 2008 13:06 disse...

Eu gosto dessa leitura com 'falas', Mai! Bem completa, gostei. Podia começar logo =/

Conrado Serpa disse...

Eu fiquei feliz com as palavras da Tutti :~
Sem contar q eu adoro ficar repetindo Tuttie Baê... Baê... Baê...

Postar um comentário

Não nos responsabilizamos por nada que você diga aqui.

 

Coloca no Ídolos

  • Chay Suede
  • Israel Lucero
  • Maria Alice
  • Nosso twitter
  • Facebook do Coloca no American Idol 2011
  • Romero Ribeiro
  • Tamires Santana
  • Tom Black

Coloca no Ídolos | [LOGIN] | | [CRIAR NOVO POST] | | [EDITAR POSTAGENS] | | [MODERAR COMENTÁRIOS] |